Problema no sistema e-sus

Comentários

Boa Tarde Pessoal!

Estamos com o mesmo problema des do ano passado, em duas unidades do municipio a produção é digitada e no relatorio so mostra tudo zerado. POR FAVOR alguem saberia ajudar sobre o problema???

 Já entramos em contado com 139 e não nos ajudam com o problema. Oque faço gente?????

 Att Kellyn

Ontem digitei alguns dias da ficha de atendimento odontológico, mas hoje quando liguei a máquina (pc) os dias digitados desapareceram, alguém sabe me dizer oque aconteceu?

1

Alencar,

Bom Dia.

Sou de Itapecerica da Serra - SP e uma de nossas UBS's realizou o backup do E-sus e quando foi acessar o sistema para realizar a digitação as fichas simplesmente haviam desaparecido.
Após restaurar o backup foi percebido que o mesmo continuava zerado e então foi restaurado um backup anterior e só assim as fichas apareceram.
Alguém sabe o que pode ter acontecido???

Abraços.

Bom dia!

Trabalho no Polo Academia da Saúde em Cruzaltense-RS e a agenda não permite o lançamento de atendimentos previamente agendados... gostaria de ajuda para solucionar esta situação, tendo em vista que realizo atendimentos de auriculoterapia, shantala com agendamento... Grata

Boa tarde!

 

Estamos com dificuldade há varios dias para enviar as informações ao e-sus.. Primeiro apareceu a mensagem "dados parcialmente enviados". Isso na versão 09. Depois da atualização para as versões 10 e 11, aparece a mensagem que o servidor nacional não está respondendo.. O que fazer?

 

Aqui em Registro estamos com o mesmo problema, já entramos em contato com o 136 duas vezes, na primeira vez disseram que com a versão 11 seria corrigido, porém não corrigiu.

Minha sugestão é que entrem em contato com o 136 para notifica-los. 

luciana

Bom dia!

Onde eu preencho as vacinas dadas nos pacientes e qual ficha faço isso? 

Olá Robinson!

Já passamos pela mesma situação que você, pois nos parecia que as vacinas, assim como administração de medicamentos, deveria ser informada através da ficha de procedimentos, mas não é para ser assim. Explico: a próxima versão do e-SUS AB, talvez a versão final 3.0, terá o módulo voltado para imunobiológicos (englobando de vez o SI-PNI), mas enquanto isto não acontece todas as vacinas deverão ser registradas em seus respectivos mapas e inseridos em um sistema à parte, o SI-PNI, normalmente.

Vamos torcer para a versão final sair logo!

Um abraço,

Carlos Miranda (Manaus).

Que bom ver que o site voltou ao ar em sua funcionalidade total. Carlos voce como sempre presente para tirar nossas dúvidas!! Vamos que vamos...

AbraSus à todos!

Olá Diones!

Para responder melhor à sua pergunta, precisaria saber o motivo de você querer utilizar o e-SUS de maneira tão econômica. O seu município tem sistema próprio de captação na Atenção Básica? Como é realizado o faturamento dos procedimentos realizados na Atenção Básica em seu município (maiores informações você pode obter através da pessoa que trabalha com o SIA em seu município)?

Um abraço,

Carlos (Manaus).

Olá, gostaria de saber qual são as informações mínimas que deve informar no e-SUS. Somente cadastros individuais e domiciliares, ou também atendimento, atendimento odontológico...?

Olá Diones, as informações mínimas são o conteúdo das 7 fichas disponíveis na Coleta de Dados Simplificada (CDS), observando os campos obrigatórios e não obrigatórios. Lembro que todas as informações contidas nas fichas são importantes, pois fazem parte do Resumo de Atendimento Simplificado (RAS) que é o modelo de informação utilizado no Registro Eletrônico de Saúde (RES) a ser implementado em breve no país. 

QUAL O PRAZO FINAL PARA ENVIO DAS INFORMÇOES DO SAUDE NA ESCOLA DA ULTIMA VIGENCIA DE 2013?

Olá Luciana!

Na verdade, a idéia central do prontuário eletrônico é eliminar o registro em papel. De início, como não há nenhum antecedente clínico do paciente, os profissionais farão os atendimentos utilizando o prontuário físico (em papel), mas fazendo todos os registros somente no prontuário eletrônico.

Eu entendo perfeitamente a situação pela qual está passando, pois os profissionais precisam de "prova material" para o atendimento que prestou ao paciente, caso este acione a justiça por algum motivo. Mesmo nestes casos, ainda não há uma maneira de imprimir o que existe no prontuário eletrônico de um determinado cidadão (dada a natureza sigilosa destas informações). Mas, em casos de envolvimento de questões com a justiça deve haver, sim, um meio de imprimir estas informações, claro.

Reforçando: não há necessidade de duplo trabalho (escrever no prontuário eletrônico e no prontuário físico). Realmente este é um paradigma (odeio esta palavra...) para muitos profissionais em saúde que sempre trabalharam com papel. Mas, o processo de trabalho, como tudo na vida, também muda, evolui. E precisamos nos adaptar a estas mudanças, não é mesmo?

Um abraço,

Carlos (Manaus).

Olá

Há como imprimir os atendimentos realizado para anexar ao prontuário?!

Sei que há como imprimir a receita, atestado, solicitação de exames, etc. Mas há algum relatório que possa ser impresso pelo sistema e substitua o registro no prontuário (papel). Alias a pergunta é o prontuário em papel deve continuar, não é?!

Então, os profissionais estão dizendo que além de informar no sistema estão tendo que escrever no prontuário, pois não encontraram nehum relatório que possa ser anexado no prontuário (papael).

Obrigada

luciana

Bom Dia! ~Tentei instalar o Pec 1.1 varias vezes no mesmo caminho do anterior e quando chegava o momento do acesso a internet (Jboss) a tela estacionava e não ia mais adiante, tentei outros navegadores, e nada, então comecei a instalar e desinstalar... só que na ultima tentativa, apaguei o diretório em vez de desinstalar e não consigo instalar novamente porque o sistema informa que o diretorio ja existe... o que fazer? Como faço para desabilitar o Jboss ( ja fui em panel de controle e desinstalei e mesmo assim informa que o diretório ainda existe...

Além de desinstalar o programa, precisa também excluir a pasta que é criada no C:. Depois também é bom limpar a lixeira antes de reinstalar(fica ocupando espaço de memória e não é pouco não!). Humberto\DATASUS-MG

Gente mim ajuda ai, sou nova no programa, preciso fazer a atualização para CDS 1.1, mas queria fazer backup para não perder os dados ja cadastrados, há meu municipio ainda nao esta trabalhando com o PEC, so mesmo com o CDS. Ou posso fazer a atualização sem o backup.

Olá Jamile!

Sem a funcionalidade da realização de backup no próprio e-SUS, o jeito é preservar os dados copiando a pasta onde estão os dados e guardando-a em local seguro. Uma outra dica é ler tudo que é publicado no site do e-SUS para se manter informada de tudo a respeito do software. No site, na área de download, há na página uma seção "O que desejo fazer?". Clicando em "Substituir o CDS 1.0 pela versão 1.1", o pessoal sugere:

"- Envie todos os dados das instalações CDS 1.0 para o PEC 1.0, verificando em seguida, o resultado da transmissão
- É importante garantir o backup dos dados, copiando a pasta "../bin/database/" para um local seguro caso o banco de dados utilizado seja H2.
- Faça o download do arquivo do PEC 1.1
- Execute o Instalador do PEC 1.1
- Clique em "Avançar" até a tela onde é necessário informar o local de instalação da versão 1.0. É importante que este endereço esteja correto para que o processo de atualização tenha sucesso.
- Acesse o sistema e verifique, clicando em "Sobre", se a versão foi alterada para 1.1.
- Ao final, confira se todos os dados foram mantidos."

Espero ter ajudado. Caso ainda reste alguma dúvida, pergunte novamente!

Um abraço,

Carlos Miranda.

ESTOU COM A VERSAO NOVA DO E SUS .

ESTOU DIGITANDO AS AÇOES DO PSE . GOSTARIA DE SABER PORQUE QUANDO DIGITAMOS AS ATIVIDADES COLETIVAS COM CRIANCAS DE 6 A 11 E ADOLESCENTE . QUANDO VOU SALVAR  O SISTEMA DIZ QUE CAMPOS PREENCHIDOS DE FORMA INCORRETA SO QUE OS CARTÕES ESTÃO TODOS CORRETOS GOSTARIA QUE ALGUEM ME DESCE UMA SOLUÇÃO POIS TODA VEZ TENHO QUE DIGITAR E DEPOIS SAIR APAGANDO .

Para resolver esse problema o jeito foi digitar e salvar mais geralmente esse erro ta ocorrendo no preenchimento da ficha de atividade coletiva com numero do CNS errado, inclusive sugerir que a TI do DATASUS, fizesse a marcação dos campos com CNS invalido para não termos q apagar todos os dados ja digitados.

Att.

Klinger

Olá Carlos Jean!

Realmente, o que você diz procede e não há, a meu ver, como contornar esta sistuação pois nos meus testes aqui ele não me deixou salvar as informações com ou sem o número do cartão SUS do estudante. O mesmo ocorreu com você, ou você consegue salvar as fichas após apagar os números de cartões?
Isto sugere fortemente um erro no módulo da Ficha de Atividade Coletiva. Soube por pessoas do Datasus aqui da regional do Amazonas que, em breve, será lançada uma nova versão do e-SUS. Não será a versão 2.0 ainda, mas uma versão com a correção dos problemas apresentados na versão 1.1. O jeito agora é aguardar.

Um abraço,
Carlos (Miranda).

Alguém me ajude, por favor. Estou estudando o e-SUS-AB PEC 1.1, versão treinamento e até agora não consegui ver em nenhum dos tipos de instalação(Municípios, Centralizador, Unidades Saúde) onde ocorre a digitação das informações dos atendimentos. Lembro-me que no treinamento em Brasília havia no PEC Centralizador o botão que abria o CDS. Agora não tem mais? Tem que digitar no CDS e importar no Centralizador?

Humberto\DATASUS-MG

Humberto, você deve realizar as configurações necessárias para o tipo de organização da UBS. Como é sabido, o e-SUS AB trabalha com perfis de acesso. O perfil de administrador de sistema não tem acesso a relatórios de gestão ou qualquer tipo de informação clínica do cidadão. Apenas a equipe de saúde tem acesso aos dados clínicos individualizados e identificados. Os relatórios consolidados podem ser acessados pela equipe de saúde, pelo coordenador da UBS e pelo gestor municipal. Após a instalação é necessário que realize a importação do .xml do CNES do município para que se realize a carga de profissionais no sistema. A seguir deverá incluir ou indicar quem são os coordenadores de cada UBS e incluir gestores (secretário de saúde, coordenador de atenção básica, etc).

Para acesso a área de CDS é necessário que o usuário do sistema tenha perfil de profissional da equipe de saúde. As fichas de CDS podem ser digitadas diretamente na instalação PEC. Ainda é possível também digitá-las na aplicação standalone do CDS e importá-las, via online ou arquivo, para um PEC numa UBS ou para uma Instalação Centralizadora na SMS.

AbraSUS!!!

Igor

Você conseguiu importar o arquivo XML no e-SUS?

Aqui em Registro o sistema diz que o arquivo inválido não obdece o padrão CNES, e não importa.

Na versão 1.0, conseguimos, mas nesta nova não!?

 O procedimento realizado foi o mesmo nas duas versões, seguindo a orientação do site.

Luciana

Oi pessoal!!

Alguém poderia me dizer se é possível emitir/imprimir/visualizar um relatório, do sistema e-SUS, sobre as ações já digitadas do Programa Saúde na Escola? Por exemplo, queremos saber a porcentagem já digitada de educandos, escolas e equipes de saúde no sistema.

Desde já obrigada!

 

Olá Rafaella!

Por enquanto isto ainda não é possível, Rafaella. infelizmente, o site do SISAB ainda não foi liberado para consultas, mas muito provavelmente poder-se-à imprimir relatórios específicos. Porém, sobre a porcentagem de educandos eu acho um pouco difícil, pois o SISAB deveria "conversar com sistema semelhante do Ministério da Educação para manter atualizado o número de estudantes por escola, e eu não sei se esta integração existe, ou se existirá.

O jeito é ir imprimindo os relatórios do PEC, escolhendo aquele que possa nos ajudar da melhor maneira.

Um abraço,

Carlos (Manaus).

Olá Humberto!

A senha inicial é sempre "esus", minúsculas e todas juntas (sem hífen). Após este primeiro login você pode trocar a senha ou não, mas neste caso terá que ficar respondendo "Cancelar" e "Sim" sempre que for usar o programa.

Com relação ao CNS, está bem melhor a consulta. Basta o computador estar conectado à internet que podemos obter os dados do usuário (como endereço, data de nscimento, nome da mãe e número definitivo do CNS, se houver), informando um número de CNS do usuário ou o CPF do mesmo. Não há necessidade de qualquer configuração prévia, basta que você tenha o computador conectado à internet.

Dica: é bom fazer um teste antes. Explico: aqui em Manaus, temos uma rede própria, que é administrada por funcionários da prefeitura. Infelizmente há muitas restrições a fim de evitar que os funcionários acessem facebook, orkut, baixar filmes e músicas, e até mesmo acessar o hotmail. Isto, claro, tem um preço. Quando tentei utilizar o e-SUS tive muitos problemas com a conexão ao Centralizador Nacional, e também ao CADSUS. Mas, todas as vezes que solicitei que o acesso a esses sites fosse liberado, tudo aconteceu sem problemas.

Boa sorte com o treinamento.

SucesSUS pra vocês!

Um abraço,

Carlos (Manaus).

Bom dia pessoal, estou precisando da ajuda de alguém. Baixei a versão disponibilizada para treinamento(1.1), fiz a instalação e importação do CNES. Só que quando saio do programa e volto a abrí-lo, é pedido LOGIN e SENHA e eu não sei qual é para que faça a atualização da mesma e possa usar o programa para treinamentos. Alguém poderia me dizer qual é? E também sobre CNS, no momento pesquisar o número CNS isso de dá automaticamente ou tem que fazer alguma configuração(informar endereço de onde está instalado Centralizador municipal CadSus) no e-SUS AB ou ocorre de forma automática(se a máquina tem acesso internet e\ou instalação Centralizador CadSus)? Preciso dessas respostas para continuar minha preparação por aqui.

Obrigado,

Humberto\DATASUS-MG

Olá Leila!

Embora você não esteja vendo, eu estou ajoelhando e pedindo mil desculpas à você por chamá-la de Leilão. Explico: respondi a mensagem do tablet que, quando eu digitei Leila, trocou a palavra por 'Leilão' (de mercadorias). Infelizmente eu não reparei pois tinha pressa e precisava desligar o tablet rapidamente. Me perdoe... E o pior: na pressa, de onde eu tirei SIAB? É o final do ano, e eu já não aguento mais. Mas hoje saio de férias, muito merecidas.

Vamos lá: o cadastro do profissional do Mais Médicos é feito normalmente. Basta preencher a documentação da maneira correta: indicando no RG a numeração correta do documento dele, bem como a data de entrada no país e observando que todos estes profissionais têm o mesmo número de CRM. Já com relação ao CBO, é Médico da Estratégia de Saúde da Família, mesmo. Apenas a equipe da qual ele faz parte, deve ter um subtipo: Mais Médicos.

E estas informações não devem ser inseridas no SIAB, mas no SCNES, correto? Depois, o SIAB é quem importa as equipes a partir do arquivo .txt esportado pelo SCNES. Isto eu ainda lembro.

Espero que o seu cadastro dê certo (se já não deu, depois de tanto tempo).

Mais uma vez peço-lhe mil desculpas.

Um abraço,

Carlos Miranda.

Olá Leilão!

Eu sou meio limitado, e não conheço muito bem como o Programa Mais Médicos é inserido no SIAB. Mas vou me informar,  e depois volto aqui para lhe dizer o que descobri. 

Um abraço,

Carlos (Manaus).

Olá bom dia! ESTOU COM DÚVIDA COM RELAÇÃO AO CADASTRO MAIS MÉDICO NO CNES, QUE CBO DEVO USAR PARA O MÉDCIO DO PROGRAMA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA? A EQUIPE DEVE ESTÁ COM ADESÃO. AO PROGRAMA? COMO DEVO PROCEDER?

 

Olá bom dia! Gostaria de saber se posso instalar o PEC no mesmo computador que uso o CNES, ou se deve ser um computador único e exclusivo para ele?

Olá Leila!

Sim, claro. O e-SUS não trabalha com nenhum dos outros bancos e os desenvolvedores não sinalizaram nenhum perigo com relação a isso, ao contrário do que acontecia quando instalávamos um sistema que usava o Firebird (GIL) e outro que usava o Interbase (SISHiperdia) na mesma máquina.

Então, instale e volte aqui para nos falar da sua experiência. Lembre-se que a nova versão 1.1 do e-SUS já está disponível.

Um abraço,

Carlos (Manaus).

OLÁ BOM DIA! POSSO INSTALAR O PEC NO MESMO COMPUTADOR QUE USO O CNES E OUTROS SISTEMAS?

 

Olá pessoal!

Estou muito feliz com  o que vejo acontecendo nestes últimos dias aqui na Comunidade de Práticas. Em especial no que se refere à comunidade e-SUS.

Fico muito lisonjeado com os elogios de todos, mas estou apenas fazendo a minha parte, como todos aqui. Como fui professor por muitos anos da minha vida, tenho ainda comigo a mania de querer que outros saibam tudo o que eu sei, e muito mais, e sejam, melhores.

Muita coisa do que eu aprendi, eu também devo à uma capacitação em Brasília com os técnicos do GT do e-SUS Rodrigo Gaete e Igor de Carvalho. Todos tiveram a disposição, e boa vontade, de ir até lá e nos passar muita coisa sobre a operação do e-SUS. E claro, paciência, muuuita paciência, pois foi um grupo um tanto quanto "difícil" de se lidar. Mas tiraram de letra e todos saímos de lá sabendo muito mais do que quando chegamos.

Por isso eu entro aqui e tento responder às perguntas de todos. Mas não sou só eu quem deve fazer isto. Todos que lidam com o e-SUS e perceberam algum erro, alguma dificuldade, ou mesmo quem nunca as teve, deve vir até aqui e contribuir com os demais. Se eu pude disponibilizar um "material" sobre a agenda do e-SUS, isto foi porque o Igor nos ensinou, pacientemente, a operá-la. O que eu fiz, e considero uma obrigação da minha parte, foi disponibilizar o que eu sabia.

Porém, eu não sou a melhor pessoa para passar informações sobre o e-SUS aqui. Assim, eu imploro ao Igor e ao Rodrigo, a presença mais constante de vocês aqui. Quando vocês nos informam algo, ficamos muito mais seguros acerca da informação. Basta que vejam as reações do pessoal: o MIguel Dantas, o Humberto, todos agradecemos, e muito a participação de vocês aqui.

E vou terminar pedindo mais uma vez, não só a presença mais constante de vocês aqui na Comunidade, mas também a publicação mais constante de informações acerca do e-SUS. Se, por exemplo, por alguma razão técnica, ou de agenda mesmo, não for possível liberar a versão 1.1 do e-SUS até sexta-feira, pelo menos coloquem um aviso na página e aqui na comunidade, por favor. É que, assim como eu, deve haver muita gente ansiosa por uma versão melhor do e-SUS. E eu espero, e tenho certeza, que ele ficará cada vez melhor e mais robusto.

Peço desculpas a todos, e espero que nossa Comunidade cresça cada vez mais e tenha uma participação maior de todos.

"SUScesso" para todos nós!

Carlos (Manaus).

P.S.: Igor e Rodrigo, eu sei que vocês têm muitas outras atividades, mas façam uma forcinha e apareçam mais por aqui. Todos agradecemos.

 

1

Bom dia a todos!

IGOR e RODRIGO. Muito bom ter vocês por perto.

O PROFESSOR Carlos conseguiu resumir nossas demandas em poucas linhas...

Essa necessidade de substituir os pneus com o carro em movimento é fato! Mas experiências extremamente felizes como a do Prof. Carlos, de Humberto e outros colegas aqui na comunidade ajudam a colocar o e-SUS nesse imenso campo de provas de muitos milhões de usuários, sendo os olhos do MS para intercorrências em nosso sistema recém-nascido.

Muitas dessas pessoas que estão instalando os sistemas em seus municípios são programadores, operadores experientes em plataformas afins e possuem um olhar técnico diferenciado sobre algumas funcionalidades que ainda temos dificuldades ou não existem. Essas problemáticas apresentadas de uma forma recorrente aqui na comunidade deveriam ser tratadas de uma forma prioritária, porque ao meu ver, são resultantes de algo que está sendo diariamente testado.

Abs,

MIGUEL DANTAS

 

Parabéns pelo precioso trabalho que vocês vem desenvolvendo ao  nosso SUS!!

È vocês que nos impulsiona a acreditar nesse programa,pois no meu Estado estamos sozi.....!

Obrigada!

Informação INCORRETA sobre alteração de prazo

Olá pessoal

A informação passada pelo Humberto de alteração de prazo está incorreta. O prazo para substituição do SIAB foi instituito pela Portaria 1.412 GM/MS de 2013, que estipula um prazo de um ano a partir da criação do SISAB.

Por favor Humberto verifique como essa informação está se propagando ai no Estado de Minas Gerais, isso pode trazer problemas pra vocês.

AbraSUS,
Rodrigo Gaete
NTI/DAB/MS

 

Boa tarde, Rodrigo!

O tópico está bem grande, e não sei se vc viu algo sobre a necessidade de edição de fichas de cadastro domiciliar, individual e alimentação do CDS dentro do ambiente PEC. Também é muito complicado que tenhamos a indisponibilidade dessas fichas após o envio para a base federal. Em municípios com muitos habitantes, a realimentação cadastral torna inviável qualquer logística direcionada à coleta. As fichas são dinâmicas e acredito que elas não tenham sido concebidas para serem novamente digitadas.

Quanto à disponibilização de informações, ai de nós se não existisse o "São Carlos"...

Abraços!

MIGUEL

2

Informação incorreta...

Rodrigo, a não ser que eu esteja enganado ou tenha ouvido mal, nas videoconferências sobre o E-Sus AB que ocorreram na semana passada, com as Regionais do DATASUS, foi dito pelo Maurício(CTIS) ou pelo Alexandre(DATASUS), não me recordo bem, que por motivos diversos, que estão dificultando a finalização da nova versão e operacionalização pelos municípios, que provavelmente o prazo que antes seria de julho 2014 talvez tivesse que ser alterado para 2015. Muito provavelmente. Então por favor verifique com os dois e se eu estiver enganado me informe a verdade e me perdoe pelo engano.

Abraços,

Humberto\DATASUS-MG

Foi apenas um engano, sem problema Humberto. De qualquer forma é sempre bom comunicar e compartilhar informação, pois se outras pessoas tiveram o mesmo entendimento já fica esclarecido para tod@s.

AbraSUS,
Rodrigo Gaete
NTI/DAB/MS

Olá pessoal!

O Humberto está certíssimo, mas eu creio que o Miguel toca em um ponto essencial: a credibilidade.

Se fosse possível Humberto, você poderia publicar um link para o documento que contém essa informação da prorrogação do prazo de obrigatoriedade das informações em saúde utilizando-se o protocolo do e-SUS? Ajudaria muito a todos.

Penso que a ampliação desse prazo põe uma questão muito importante para todos pensarmos: essa ampliação se dá por quê? Seria porque os municípios estão com dificuldades para aderir e instalar o e-SUS, ou está acontecendo algum problema com o software que exige mais tempo para o seu funcionamento pleno?

Ambas as questões são importantes, pois muitos municípios sequer sabem o que fazer com o e-SUS, ou para o que é que ele serve. Por outro lado, colocar um software da magnitude do e-SUS, funcionando redondinho, não é uma tarefa das mais simples.

Porém, continuo batendo na mesma tecla: o silêncio em torno da atualização do e-SUS, ou mesmo do status de atualização (já está pronto? está em testes? o que já foi corrigido? há alguma nova implementação? quais? houve modificação em algumas das fichas?). Isto é absolutamente ruim para a confiabilidade no e-SUS. Muitos colegas, que muitas vezes nem sabem do que estão falando, colocam frases do tipo: "se fosse bom, não estaria indo para a segunda atualização já!". E, quem ouve uma coisa dessas acaba acreditando nisto. Seria muito diferente se o site do e-SUS publicasse uma atualização constante de notícias a respeito do software, de maneira bem dinâmica mesmo, com atualizações semanais, a fim de que a ansiedade e a informação chegasse até nós, profissionais de saúde, que temos todo o interesse de que o e-SUS dê certo.

Infelizmente, a única coisa que podemos fazer atualmente é esperar...

Um abraço a todos,

Carlos (Manaus).

2

Olá Carlos,

Gostei dos seus questionamentos.

Nós já criamos no site do e-SUS AB uma página que traz informações sobre Novas Atualizações do e-SUS AB, mas realmente ainda não temos uma página que apresente o plano de desenvolvimento e as perspectivas de datas para as próximas atualizações. Vou repassar isso para nossa coordenação e ver como podemos melhorar essa comunicação.

De qualquer forma vamos trazendo estas informações para a comunidade para manter vocês atualizados.
A versão 1.1 dos Sistema com CDS e com PEC estão em teste e devem estar disponíveis para download no site do e-SUS AB ainda esta semana.
 

AbraSUS,
Rodrigo Gaete
NTI/DAB/MS

 

2

Olá Rodrigo!

Muito obrigado. Tenho certeza que as informações que você repassou vai deixar todo mundo mais tranquilo. E, se fosse possível manter um campo de atualização sistemática, na página principal do site do e-SUS, seria um ganho enorme para todos.

Um abraço,

Carlos (Manaus).

2

Boa tarde, Humberto!

Sinceramente, não vejo com bons olhos a ampliação do prazo para 2015 sem que já tenhamos resultados apresentados pelo MS, logo porque muitos municípios pelo Brasil estão realizando adaptações profundas em logísticas de coleta e disponibilização de informações... Ao meu ver, isso descredibilizaria o processo. A impressão é que ficaremos na versão beta do sistema e-sus pelos próximos 20 anos e as alterações imediatas que precisaríamos para operacionalizar de uma forma mais inteligente o sistema, ficarão para logo mais.

O SIAB está em vias de amadurecer para uma outra plataforma de trabalho, não porque todos estão migrando, mas porque o sistema é obsoleto, engessado e já não permite consolidarmos informações consistentes em um cenário de muitos usuários, além do mais, inviabiliza que outras plataformas herdem suas informações de uma forma tecnicamente amigável.

É triste e cansativo precisar acreditar que esbarraremos no silêncio das atualizações à conta-gotas, enquanto dezenas de milhares de informações de saúde de populações inteiras se perdem na conveniência dos números estimados...

O que fazer com SIAB e Hiperdia x E-Sus AB

O Carlos tem razão, não dá para parar de alimentar o SIAB nem o Hiperdia, enquanto o E-Sus AB não estiver funcionando de fato e gerando as informações que são solicitadas aos municípios. Principalmente no caso do SIAB. Em se tratando de Hiperdia, ele realmente foi descontinuado, mas ainda funcionando, porém agora, voltado unicamente para o gerenciamento de informações pelo município. Quero dizer que se o município trabalha algum dos seus relatórios, seria interessante continuar alimentando-o. Se for com a preocupação de recebimento de MEDICAMENTOS ou VERBAS, esqueça, ele não é barizador para isso. Outra coisa: foi alterado o prazo para utilização do E-Sus AB para 2015.

Humberto\DATASUS-MG

1

Bom dia...

Preciso de ajuda, efetuei a instalação do modulo PEC no computador que será o centrelizador e ocorreu tudo bem, porem, quando fui ate uma UBS localizada em um bairro diferente da cidade e que ele possuiam conexão com a internet efetuei o download da versão 1.0 e a instalei (Observação antes de instalar gerei em arquivo os dados que eles cadastraram e importei para o centralizador PEC na secretaria) e apos a instalação ocorreu que durante a mesma tudo ocorreu bem mais o Cadastro Individua apresentou erro não me permitindo efetuar novos cadastro e quando eu tento efetuar o envio online coloco o CPF corretamente, senha e o endereço http://xxx.xxx.x.xx:8080/esus conforme me foi instruido, porem não consegui conexão com o servidor apresentando a menssagem de servidor indisponivel (lembrando que o centralizador e a maquina com o CDS estão em localização diferente da cidade e possuiem ambas conexão com internet constante e de alta velocidade) alguem poderia me ajudar, liguei no 136 mais eles só mandaram esperar contato do tecnico que ate agora nada. 

 

Algem ta com o PEC e o CDS 1.0 funcionando perfeitamente e que possa me ajudar, por aqui mesmo ou por contato telefonico que eu possa entrar e me ajudarem!!!

desde já, obrigado!!!

Bom dia, Adil!

Você deve pedir ajuda do pessoal do TI, pois a solução desse problema depende de como é o acesso à internet realizado por vocês. Aqui, em Manaus, a prefeitura disponibiliza o acesso à internet por uma rede própria que interliga todas as unidades de saúde. Quando eu tinha problemas com acesso ao centralizador nacional, e mesmo com a porta 80 para o envio das informações, eu pedia a ajuda deles e eles liberavam o acesso na rede. Mas, no seu caso, se o acesso à internet é direto (via provedor de serviços como Oi, Claro, Net, etc.) o problema pode ser com o firewall do computador que contém a versão centralizadora do e-SUS, que deve permitir a conexão. Para que isso ocorra, deve-se acessar o firewall fazendo as modificações necessárias.

Espero que você consiga logo fazer estabelecer a conexão entre os bancos.

Um abraço,

Carlos (Manaus).